A Nossa Missão

admin Geral Leave a Comment

A nossa missão é simples.

Ser um lugar onde é possível obter informação atual, correta e baseada em evidência robusta sobre diversos temas científicos, focados essencialmente na área da saúde.

Vivemos na era digital ou era da informação. Esta nova realidade é uma importante viragem civilizacional, com muitas vantagens conhecidas: o progresso económico; a criação de todo um novo mercado de trabalho; o surgimento de novas tecnologias; a comunicação facilitada entre as pessoas, próximas ou distantes; a facilitação da tomada de decisões informadas.

Hoje é relativamente fácil aceder à Internet e obter informações sobre um tema do nosso interesse.

Esta mudança é positiva. Como diz o ditado: “Informação é poder”.

No entanto, a informação que obtemos é verdadeira? É uma preocupação cada vez mais frequente. Temos vindo a transformar ferramentas incríveis como a Internet em algo destrutivo, com o surgimento dos “factos alternativos”, da era da “pós-verdade”; com a explosão de “Drs. Google”; com a tentativa de algumas forças políticas, económicas ou religiosas imporem a sua verdade.

Definir o conceito de verdade é mais difícil do que parece à primeira vista.

Para bem da simplicidade, vamos assumir a verdade como sendo algo possível de comprovar recorrendo ao método científico. Ou que foi construída a partir da evidência científica acumulada (conhecimento). A assumpção deste pressuposto permite-nos trazer objetividade às nossas observações.

Acima temos representado o diagrama do conhecimento.

Existem as crenças, definidas de forma simples como “opinião formada ou convicção”. Aquilo que acreditamos como sendo verdadeiro.

Algumas dessas crenças são, de facto, verdadeiras. As crenças provadas através de observações objetivas, baseadas no método científico, passam a fazer parte do conhecimento (a amarelo). A cinzento estão representadas as crenças que serão verdadeiras, apesar de ainda não existir informação suficiente que as valide.

A verde encontra-se a verdade respeitante à evidência que ainda não foi descoberta.

A vermelho estão representadas as crenças sem bases reais…crenças falsas. É nesta área que reside o principal problema.

Este projeto irá focar-se em todas as áreas do diagrama do conhecimento, com especial ênfase na área vermelha.

Tentaremos desfazer mitos e crenças sobre as medicinas alternativas e outras pseudociências; preconceitos sobre os organismos geneticamente modificados; sobre a falsa atribuição de benefícios a suplementos alimentares e vitamínicos; sobre as dietas falsamente milagrosas; sobre medicamentos sem eficácia clínica amplamente prescritos. Falaremos de crenças populares enraizadas na nossa cultura e sobre a inverdade das mesmas à luz do método científico. Abordaremos questões políticas e religiosas que ignoram a ciência para a tomada de decisões. Falaremos sobre teorias da conspiração e os mitos que rodeia a vacinação.

Acima de tudo, tentaremos falar sempre a verdade, sem conflitos de interesse associados.

Estamos abertos à crítica construtiva.

Somos seres humanos, sujeitos a viéses e erros de raciocínio. Por essa razão, humildemente pedimos a todos que nos ajudem a detetar qualquer afirmação que não esteja completa ou seja falsa, de acordo com a evidência científica atual.

Convidamos todos os que se revêem neste projeto para que façam a sua contribuição.