Prémios SCIM*RDA – Versão 2018

admin Geral, Sátira Leave a Comment

Bem-vindos à primeira edição dos prémios SCIM*RDA

Antes de começar, convém esclarecer: verbaliza-se “prémios Sai M*rda” e não “Se Cai M*rda”, ok? Isto é super importante. Sem perceber este conceito não seria possível continuar, como é facilmente compreensível.

Podemos agradecer o nome da gala aos grupos de Dunning-Krugers fanáticos que odeiam o blog. Finalmente produziram alguma coisa de jeito, mesmo não sendo voluntário. Obrigado, Haters!

Infelizmente, como sempre, este ano foi produtivo em treta. Gostava de poder dizer que os cépticos conseguiram travar o Tsunami de M*rda produzida pelos vendedores de banha da cobra, mas estaria a mentir. Aliás, cada vez tenho mais certezas que este exercício que realizo aqui é uma inutilidade no que diz respeito à mudança de opiniões…apenas os que já têm instrumentos para serem críticos e aqueles que não têm crenças estabelecidas beneficiam com os meus artigos. Como já falei aqui, é bastante difícil senão inútil discutir com crentes.

Mas não se preocupem, que é para continuar. Nem que seja pelo prazer de ridicularizar determinados “gurus”. E por essa razão, decidi aproveitar a embalagem e criar este festival de entrega de poios.

Após uma votação no grupo SCIMED, vamos ficar a conhecer os promotores de treta que mereceram destaque este ano.

Poio de Bronze

O Poio de Bronze vai para os tele-evangelistas dos suplementos alimentares, o grupo Viva Melhor!

O grande êxito do Viva Melhor é sem dúvida o Calcitrin, um suplemento inútil “engana-velhinhos” do qual já falamos aqui. Mas não só…a empresa Viva Melhor tem um infindável portefólio de suplementos inúteis, que promovem ativamente nos programas da manhã e da tarde, dirigido aos reformados e donas de casa (sem ofensa a nenhum dos grupos, mas é a realidade).

No fundo, a empresa Viva Melhor é filha do bom Marketing. Reparem que o seu lema é “uma marca de confiança”. E tenho muita confiança que são bem sucedidos a roubar os incautos sem qualquer benefício demonstrável para a saúde, quando adquirem os seus produtos.  Poderiam comprar um suplemento semelhante ao Calcitrin na farmácia, dez vezes mais barato, e iriam ficar na mesma. Mas ir à televisão – Todo O Santo Dia – custa dinheiro. E quem paga é o Zé.

Para finalizar, uma ironia do destino…Roberto Leal, grande patrocinador de um dos “produtos revolucionários Viva Melhor”, o Cogumelo do Tempo, foi diagnosticado recentemente com um cancro…pelos vistos de pouco lhe serviu este “segredo bem guardado” que ativamente promoveu ad nauseam.

Poio de Prata

E o Poio de Prata vai para…a Doula!

Sandra Oliveira era uma desconhecida nos nossos meios. Mas com uma entrada a pés juntos no programa Fátima Lopes, a Doula conquistou imediatamente um lugar no nosso coração, com a promoção do medo relativamente ao Misoprostol. Escrevi um artigo a demonstrar que a senhora percebe tanto de saúde como eu de Ornitologia e ficamos pacientemente à espera da resposta prometida pela Sra. Doula. Mas por este andar, cheira-me que Dom Sebastião regressará numa manhã de nevoeiro antes da Doula apresentar a sua resposta ao artigo Scimed.

Mas a Sra. Doula não restringe a sua ignorância ao Misoprostol. É profícua na promoção de treta como, por exemplo, a partilha de um estudo sobre o aumento do risco de PHDA e autismo com a toma de Paracetamol durante a gravidez:

paracetamol e relacao com phda e autismo

Não fosse este um estudo observacional cheio de fatores confundidores, que os próprios autores reconhecem: “no entanto, os resultados devem ser interpretados com cautela, uma vez que as evidências disponíveis consistem em estudos observacionais e são suscetíveis a várias fontes potenciais de viés “.

Mas mais engraçado foi a partilha de um artigo histérico sobre o suposto aumento de abortos numa região brasileira agrícola que utiliza glifosato:

glifosato e aborto

E porque é que isso é estranho? Porque uma Doula, que se dedica a acompanhar grávidas, devia saber que o número de abortos apresentados neste artigo como catastróficos são números perfeitamente normais no contexto geral.

Aliás, os últimos números apontam para 40-60% de abortos espontâneos na população geral (artigo e artigo). Sendo assim, podemos concluir que o glifosato é protetor relativamente ao risco de aborto, já que naquela região o número de abortos ronda os 25%. É que nem contas simples esta gente sabe fazer.

Poio de Ouro

O Poio de Ouro é mais do que merecido. Vai para o Exmo. Sr. Prof. Dr. Pinto “Memes” Coelho! 

Pinto “Memes” Coelho é alvo do blog com alguma regularidade. Começou com a água do mar (não percam este artigo fantástico do André Casado sobre o tema). Depois entrou pela desintoxicação plantar. Passou pelo mito da vitamina D como milagre no tratamento de vários tipos de doenças (não é milagre nenhum). Bateu forte no “Mito” do Colesterol, tendo mesmo vomitado a sua ignorância em forma de livro.

Infelizmente, não foi o único livro que escreveu. Convém não esquecer o desperdício de papel chamado “Hormonas, o Sumo da Vida” (que desmontei em duas partes: parte 1 e parte 2). Este livro tem como co-Autor o “médico” Pedro Rocha, filho de Paulo Rocha, enfermeiro com “especialidade em medicina integrativa” que enganava os doentes com tratamentos inúteis de ozonoterapia e burlava (alegadamente) as seguradoras, dizendo que os doentes faziam hemoperfusões e infiltrações articulares para obterem comparticipações enquanto faziam ozonoterapias retais na clínica. Portanto, tudo gente boa…

Pedro Rocha também trabalha (ou trabalhava) na clínica Dr. Pinto Coelho…parece que certas pessoas tendem a gravitar para alguns locais…fenómeno estranho…

Mas não só. Pinto Coelho também promove a dieta alcalina para prevenir e tratar cancro, a dieta paleo e o jejum intermitente. Tudo bem barrado a óleo de coco, claro está. Como consegue conciliar estas dietas é estranho para mim. Deve ser em semanas alternadas.

A isto ainda se junta a promoção de tretas como o intestino poroso, dizendo o senhor que tem mais neurónios no intestino que no cérebro (possivelmente a única verdade que disse na sua vida). Aproveitou esta aldrabice para se transformar num lavador de rabos profissional, referindo que tal procedimento trata, inclusivemente, doenças auto-imunes. Por favor, não percam a reação do senhor quando lhe chamei isso na Prova Oral, onde foi destruído pelo Dr. Armando Brito de Sá.

Mas para mim, a coisa mais incrível que aconteceu este ano no que diz respeito ao Sr. Pinto Coelho, foi ter sido burlado! O senhor ficou super contente por ter ganho o Business Initiative Directions (BID) Award. No entanto, o BID é uma organização com sede em Madrid que VENDE o que se chama de “PRÉMIOS INTERNACIONAIS SEM SENTIDO” ou “PRÉMIOS DE VAIDADE” (artigoartigo). Ou seja, o senhor Manuel Pinto “Memes” Coelho pagou para receber um prémio de vaidade. Um prémio Fake para um médico Fake. O que é mais do que merecido.

Para o ano há mais. Obrigado a todos os que apoiam este projeto. Sem vocês, não teria motivação para continuar a escrever. Xi-coração.

Ajudar o Projeto Scimed

Seja um patrocinador desta causa. Ajude o autor a ter mais tempo para escrever.

Sim! Isto é Serviço Público!

Partilhar Este Artigo

Dr. João Júlio Cerqueira

Médico Especialista em Medicina Geral e Familiar